Surf

Surf em Segurança – Apesar do prazer que o Surf proporciona, quer a iniciados quer a competidores experientes, é fundamental ter em atenção as questões de segurança específicas da modalidade. O mar pode ser um elemento perigoso e o conselho é fazeres as tuas primeiras ondas acompanhado de uma escola ou monitores credenciados.

surf
Onde Praticar o surf:

Locais:

– Balneário Camboriu: Praia dos Amores e Praia Central (em época de ressaca do mar)

– Bombinhas: Praia de Quatro Ilhas, Atalaia e Mariscal

– Florianópolis: Praia dos Açores, Brava, Galheta, Joaquina, Mataleiro, Moçambique, Mole, Naufragados, Santinho.

– Garopaba: Praia da Ferrugem, Gamboa, Silveira, Vermelha.

– Governador Celso Ramos: Praia Grande, Fora, Ilheus, Tinga e Cordas

– Imbituba: Praia do Rosa, Luz, Ribanceira e Vila

– Laguna: Praia do Gi, Mar Grosso, Galheta, Cardoso e do Siri.

– Palhoça: Praia da Guarda do Embaú

– São Francisco do Sul: Praia do Forte, Grande, Itaguaçu, Molhe, Saudade (Prainha) e Ubatuba.

Dentro de água:

É importante perceber as regras da prioridade e do bom senso quando fazes Surf:

– Quando remas para atingir o local de rebentação, evita passar à frente de quem surfa a onda mas se uma colisão estiver eminente pára imediatamente de remar para que o surfista que vem na onda tenha possibilidade de se desviar.

– Certifica-te que não vais apanhar uma onda que já vem a ser surfada por alguém. O surfista que está mais perto da zona onde a onda está a rebentar tem prioridade portanto espera pela próxima.

– Nunca largues a tua prancha e mantém-na sempre sob teu controle.

DIVERSÃO!
Por fim, diversão! É a razão pela qual o Surf existe! Se for feito em segurança, dificilmente vais encontrar alguma atividade tão divertida como o Surf, mesmo se ainda agora estás começando!

Condição Física:

– Conhece os teus limites e tenta manter-te em forma. Nunca faças Surf cansado, com frio ou lesionado nem em condições superiores às tuas capacidades. A melhor preparação para o Surf é fazer ainda mais Surf, por isso, quanto maior o tempo de prática maior a probabilidade de evolução.

– Apesar da última dica, é importante fazer exercícios que melhorem as diversas qualidades físicas: por exemplo, natação para a resistência e velocidade da remada, yoga para a força e a flexibilidade, skate e/ou trampolins para a coordenação, etc.

– Realiza um bom aquecimento (corrida ligeira, mobilização articular e “take off´s” na areia, p. ex.) antes de fazer Surf e irás melhorar o teu desempenho na água bem como prevenir lesões.

– Não faças Surf sozinho. Irás sempre divertir-te mais se estiveres com um amigo e terás sempre outra pessoa por perto caso aconteça algum incidente. Certifica-te que fazes Surf com alguém que respeita estas questões de segurança pois a última coisa que vais querer é confiar em alguém que não é responsável dentro de água.

– Utiliza sempre um bom protetor solar, à prova de água e adequado à tua cor de pele.

Condições para a prática do Surf:

– Observar e avaliar bem a formação das ondas, zona de rebentação, direção do vento e eventuais correntes, marés, fundo da praia (aconselhável ser de areia numa fase inicial), condições meteorológicas adversas (p. ex., relâmpagos), número de surfistas na água, etc…

– Caso não tenhas experiência informa-te junto dos surfistas locais ou dos nadadores salvadores.

– Se te encontrares numa forte corrente, mantém a calma e rema a favor da mesma (não a tentes contrariar) até alcançares um local seguro que te permita depois voltar à praia, mesmo fazendo um percurso maior.

– Começa por surfar na espuma e apanhar ondas “deitadas”, passando depois para ondas ainda por rebentar.

“SEMPRE ANTES DE PRATICAR ALGUM ESPORTE INFORME-SE COM QUEM ENTENDE DO ASSUNTO. PROCURE EMPRESAS ESPECIALIZADAS QUE FORNECEM CURSOS SOBRE O ESPORTE QUE DESEJA PRATICAR”

Compartilhe!

Speak Your Mind

*


*