Miraguaia

miraguaia

Nome popular: Miraguaia Nome científico: Pogonias cromis.

Habitat: Regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Sul (do Amapá ao Rio Grande do Sul). Mais comum nas regiões Sudeste e Sul.

Saiba mais: Peixe de escamas. Espécie costeira; vive sobre o fundo da areia, lodo ou cascalho, principalmente em áreas estuarinas próximas a rochas e em canais. Alimenta-se de moluscos, principalmente mariscos, crustáceos e peixes. Migra para águas mais quentes durante o inverno, época da reprodução, quando pode ser encontrada junto a costões rochosos. É um peixe muito esportivo, corre e briga muito. Geralmente a carne é infestada de vermes, o que o torna comercialmente importante apenas em algumas regiões.

Equipamento e isca: Equipamento do tipo pesado/médio com carretilha/molinete para 300m de linha; linhas até 35 libras; anzóis de nº 4/0 a 7/0. As iscas mais eficientes são as naturais, como mariscos, caranguejos, moluscos, camarões e tatuís.

Dicas: É necessário muita atenção na pescaria, porque, apesar do grande porte, a ferrada desse peixe é muito sutil.

Compartilhe!

Comments

  1. Kid says:

    Parabéns ao pescador pelo belo exemplar de miraguaia. Aqui pelo RS esse peixe já fez a alegria de muito pescador, “nas antigas”, e hoje é uma raridade pescá-lo com vara e carretilha. Gostava tanto de pescá-lo que me intitulo, até hoje, de Kidmiraguaia.

  2. Fabrício says:

    Com o desenvolvimento das fazendas marianhas aqui em Santa Catarina, criou-se um local para refúgio e desova desses peixes em baixo das estruturas que sustentam os mariscos e ostras no mar. Eu pego este peixe frequentemente neste ambiente utilizando o chamado engodo ou seva. Picamos o marisco com casca e tudo numa quantidade que encha um saco de batatas, daqueles que vendem na fêra, amaramos uma corda e prendemos na embarcação. Para pescar, nos aproximamos das chamadas linhas onde ficam as bóias das fazendas marinhas, ancoramos e fundeamos esse saco. O peixe vem com o cheiro. Aparece várias espécies de peixe, entre elas a miraguaia ou borriquete. Uma dica, tem que pescar com o próprio marisco se não não pega. Nessa cituação outra isca não vai pega-lo, esperiencia própria.

Speak Your Mind

*


*