Dicas: Antes da Viagem

Destaque: Confira preços de Pneus
—–

Confira alguns tópicos para ter férias tranqüilas

ico-guia-carro-miniViajar de carro, principalmente por longas distâncias, exige certas precauções. Às vezes, por causa de um detalhe, as férias podem ficar comprometidas. Veja algumas dicas para você não entrar numa fria e curtir pra valer os dias de sol e muita praia.

Pé na estrada

Vá naquele seu mecânico de confiança e faça um “check-up” geral em seu veículo. Verifique óleo, pneus, estepe, amortecedores, enfim, se a viagem for longa e o carro não estiver em ordem, pode deixá-lo na mão, principalmente, se for enfrentar estradas em más condições, muito mais comuns do que você imagina.

Outro importante cuidado a tomar é verificar as condições das rodovias a serem percorridas, as distâncias e os acessos. Saiba que há trechos em péssimo estado de conservação. A sugestão é sempre perguntar nos postos de gasolina, pousadas e para outros viajantes qua já estiveram no local sobre os acessos e também sobre a previsão do tempo e se choveu recentemente no local.

Sempre que o tanque estiver pela metade, pare para abastecer, pois, às vezes, a distância entre um posto de combustível e outro é grande e nem todos ficam abertos 24 horas. E o mais importante: evite viajar à noite por causa de estradas esburacadas e da ocorrência de assaltos.

Previsão do tempo

Fique sempre de olho na previsão do tempo, informando-se por jornais, rádios ou internet (o guialitoralsul.com possui este serviço com atualizações diárias para o litoral sul brasileiro).

Alimentação e Saúde

É realmente uma delícia provar os pratos típicos e os temperos diferentes da culinária local, mas preste atenção à sua saúde. Se não estiver acostumado a comidas picantes ou tiver alergia a certos alimentos ou temperos, procure não abusas. Se seguir alguma dieta especial, como vegetariana ou para diabéticos, procure levar seus medicamentos e os alimentos que estiver acostumado. No entanto, se a viagem for longa, vá aos supermercados e ás farmácias das cidades maiores, pois é raro encontrar produtos diets ou tipos de alimentos diferenciados em localidades menores. Já os remédios são mais fáceis de comprar. Se estiver sob tratamento, consulte seu médico antes de partir para a viagem e peça receitas extras, caso precise.

Reservas de Pousadas e Hotéis

Viajar na baixa temporada, além de ser mais tranquilo, é mais barato. os preços podem cair vertiginosamente e aquela pousada que custava R$ 150,00 em janeiro, por exemplo, pode sair por R$ 60,00 em setembro. Portanto, sempre negocie os preços para conseguir descontos. As diárias pesquisadas neste guia são para o mês de janeiro de 2005, mas muitos estabelecimentos não confirmam o preço na hora da reserva. Alguns dão descontos para pagamentos à vista ou de acordo com o número de diárias. Outros, por causa da procura, aumentam os preços. Portanto, ligue antes para se certificar. Se for baixa temporada, muitas vezes nem é preciso fazer reserva. Mas, mesmo assim, ligue cinco dias antes para checar os preços e a disponibilidade.

Alguns estabelecimentos, como bares, restaurantes e hotéirs, só abrem aos finais de semana, feriados e meses de férias. Então, evite ser pego de surpresa e ligue antes. Procure também indicações de amigos e de donos de outras pousadas de outras cidades. Geralmente, eles têm dicas valiosas. A desvantagem de viajar na baixa temporada é que, para alguns passeios, é exigido um número mínimo de pessoas. Portanto, ou você pede um desconto e faz o passeio assim mesmo, ou vai deixar de fazê-lo devido ao alto custo.

Bancos e caixas eletrônicos

Quanto menor a cidade, mais precária a infra-estrutura de serviços. Portanto, verifique com o seu banco onde há agências e caixas eletrônicos nos destinos que você vai visitar para não ser pego de surpresa e correr o risco de ficar sem dinheiro. Saiba que muitos estabelecimentos, como barracas de praias, restaurantes e pousadas não aceiram cartões de crédito, ou só os aceitam na alta temporada. Assim, na hora de reservar uma pousada, confirme as condições de pagamento. O ideal é carregar a quantidade de dinheiro suficiente para pagar duas diárias e refeições. De qualquer forma, leve cartões de crédito e débito e sempre saque o valor para pagar as despesas dos próximos dias, caso a cidade seguinte não tenha a sua agência bancária.

Telefones celulares e internet

Evite usar celular. Está é a melhor opção para quem não quer pagar os preços abusivos que são cobrados pelas operadoras quando se está em viagem. Use cartões telefônicos, ligue a cobrar e só use o celular em último caso. Verifique também com sua operadora onde há sinal. Pode ser que você fique sem serviço por muitos dias em algumas cidades ou que a bateria acabe antes do previsto. A maioria das cidades turísticas tem acesso à internet, mas, dependendo do local os preços podem ser bastante altos. E lembre-se: quanto mais isolado for o local, mais caro será o serviço.

Compartilhe!

Speak Your Mind

*


*